Mourão afirma que Bolsonaro está sob “grave ameaça”


O vice-presidente eleito, General Hamilton Mourão, declarou em entrevista para a Crusoé, que Bolsonaro está sob “grave ameaça”.

Segundo o general, a informação vem dos serviços de inteligência da Presidência da República. Os informes apontam que existem planos envolvendo atiradores de elite e carros-bomba.

Outro apontamento importante é o de que existem informações de que grupos terroristas estrangeiros estejam envolvidos.

Outro fato interessante de se levar em conta, é o atentado sofrido por Bolsonaro quando este ainda estava em campanha presidencial. O agressor, Adélio, certamente não agiu sozinho, e informações coletadas pelas polícias Civil e Federal já apontaram o envolvimento de facções criminosas como o PCC e o Comando Vermelho. Os advogados de Adélio também são alvos de suspeitas, devido ao fato de ainda não ter sido levantado, ou divulgado, quem são os financiadores de seus honorários.

Fonte República de Curitiba

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.