Deputado Paulo Martins detona “Cuba terá internet. Talvez um dia tenha comida também”


Após o anúncio de que Cuba possibilitará o acesso de internet móvel em seu território, muitos canais de esquerda utilizaram-se da notícia para promover o ‘paraíso socialista’.

O que eles esqueceram de contar é que os pacotes vão de 7 dólares (600MB) a 30 dólares (4GB). Sem um pacote, 100MB custarão aos usuários 10 dólares. Porém, a média salarial em Cuba é de, obviamente, 30 dólares. Ou seja, fora do alcance do cidadão cubano comum.

O deputado federal eleito Paulo Martins não deixou barato e detonou “O paraíso socialista terá internet. Talvez um dia tenha comida também”.


Fonte República de Curitiba

Postar um comentário

0 Comentários