CNJ pode usar precedente para prejudicar Sergio Moro

Toda a condenação de Lula pelas mãos de Sergio Moro, embora endossada por todos os Tribunais nos quais o processo prosseguiu, segue sendo contestada pelo Partido dos Trabalhadores.


  Agora, em matéria do O Globo, fica explicito que o CNJ pode usar um precedente desfavorável ao futuro ministro da Justiça.

O PT acusa Moro de ter agido com fins partidários, quando é sabido que a condenação de Lula não só é justa mas também é desejada pela imensa maioria de brasileiros.

O CNJ pode basear-se numa decisão anterior, de dar continuidade ao processo que investigou “a acusação de venda de decisões judiciais contra um desembargador que tinha se aposentado”. As situações em si não tem a mesma motivação, mas nada é certo, principalmente quando se trata de uma entidade com enlaces políticos.

Uma das consequências do processo, quando atingido seu fim, é de que, se considerado culpado, Moro pode se tornar inelegível.

Fonte Republica de Cutiba

Postar um comentário

0 Comentários