sábado, 8 de dezembro de 2018

Bolsonaro se torna assistente de acusação em caso contra Adélio

O presidente eleito e alvo do atentado praticado por Adélio Bispo acaba de se tornar assistente de acusação no caso.



Agora, Bolsonaro terá acesso a todos os autos, “como as quebras dos sigilos telefônico e bancário do acusado, bem como aos laudos de insanidade mental”, conforme registra o G1. 

A inclusão de Bolsonaro como assistente de acusação permite que ele “proponha novos meios de prova, faça requerimentos para que sejam feitas perguntas às testemunhas e o credencia a participar da audiência de instrução de Adélio”.

Fonte República de Curitiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário