Fusão do Ministério de Esportes com pasta da Educação está em estudo



Segundo o Valor, o presidente eleito Jair Messias Bolsonaro, PSL, disse durante um evento internacional de jiu-jitsu neste domingo (18) que a fusão do Ministério de Esportes com a pasta da Educação ainda não foi definida e está em estudo. “Eu falo uma coisa aqui e lá na frente falam que eu estou recuando. Estou definindo essas questões todas. Sou formado em Educação Física. Fui atleta das Forças Armadas”, declarou Bolsonaro.

De acordo com Onyx Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil, o governo Bolsonaro pretende reduzir os atuais 29 ministérios para 15 ou 16. Paulo Guedes, futuro ministro da Economia, a fusão de pastas é importante para dar agilidade às decisões, como informou a EBC. “Nós vamos salvar a indústria brasileira. Está havendo uma desindustrialização há mais de 30 anos. Nós vamos salvar a indústria brasileira, apesar dos industriais brasileiros”, afirmou Guedes.

O ministério da Economia irá unificar as pastas da Fazenda, Planejamento e Indústrias. “A razão da Indústria e do Comércio estar próximo da Economia é para justamente existir uma mesma orientação econômica em tudo isso. Não adianta a turma da receita ir baixando os impostos devagar se a turma da indústria e comércio abrir muito rápido. Isso tudo tem que ser sincronizado. Uma orientação única”, disse Guedes ao G1.

Outro ministério que já está decidido é o da Justiça e Segurança Pública, cujo o ministro será Sergio Moro. A pasta será uma fusão das estruturas da Justiça, Segurança Pública, Transparência, Controladoria Geral da União e Conselho de Controle de Atividades Financeiras.

Fonte MBL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.